A vistoria de imóveis é, definitivamente, um dos processos mais importantes de qualquer imobiliária. É com ele que a empresa faz a análise do imóvel e consegue saber em detalhes seu estado atual antes de vendê-lo, comprá-lo e principalmente alugá-lo.

Nele, o vistoriador analisa em quais condições o imóvel está sendo entregue ao locatário. Geralmente, a visita ao imóvel é feita juntamente do locatário interessado – ou comprador no caso de uma compra de imóvel. Neste artigo, vamos focar na vistoria para aluguel.

No mesmo momento, são definidos os detalhes por escrito em um laudo com o inventário dos itens observados. Depois, o locatário confirma – com a assinatura do contrato – que precisa devolver o imóvel da mesma forma para o proprietário. É uma espécie de garantia adotada pela maioria das imobiliárias.

Ele traz mais segurança para os clientes que alugam imóveis com a sua imobiliária, tanto os clientes proprietários quanto os clientes locatários. Mas o que sua imobiliária precisa saber sobre o processo de vistoria?

É possível usar tecnologias digitais na vistoria

A transformação digital já modificou indústrias inteiras, inclusive modificou consideravelmente o mercado imobiliário como já mostramos aqui no blog. Por isso, usar tecnologias digitais na vistoria de um imóvel  é algo bem-vindo.

No entanto, a utilização delas precisa estar planejada na jornada de aluguel do imóvel que sua equipe de marketing já pensou. O que isso quer dizer? Que o vistoriador precisa estar ciente dos procedimentos, do tipo de arquivo que ele precisa criar (imagens, arquivo de texto na Nuvem, áudios), quais aplicativos serão utilizados para salvar esses arquivos e se o dispositivo móvel para registro desses dados será da empresa ou não, por exemplo.

Esse passo de planejamento é extremamente necessário para evitar problemas como:

  • Perdas de arquivos
  • Problemas com armazenamento incorreto
  • Espaço insuficiente para armazenar arquivos
  • Pontos do imóvel não vistoriados

Checklist de vistoria é primordial

Outro ponto extremamente necessário é o checklist de vistoria que o vistoriador precisa ter. É muito comum que ele tenha esse checklist em uma prancheta. Entretanto, com a digitalização dos processos, há casos de vistoriadores que fazem todo o processo de vistoria com um dispositivo móvel.

O importante é lembrar que existem partes do imóvel que precisam constar no laudo de vistoria impreterivelmente:

  • Revestimentos (paredes, chão e rejuntes)
  • Fachada completa
  • Pintura externa e interna
  • Portas, janelas e batentes
  • Fechaduras e maçanetas
  • Forro e telhado
  • Sistema hidráulico
  • Parte elétrica
  • Mobílias (caso haja alguma)

Cada parte mencionada acima possui uma série de pontos que precisam ser analisados em detalhe pelo vistoriador e locatário. Isso porque as condições identificadas no dia da vistoria serão consideradas no contrato final.

Se for encontrado alguma falha antes do processo de aluguel do imóvel, o locatário pode pedir o reparo dessas falhas à(o) proprietária(o) antes de fechar o contrato ou pode optar pela negociação com o proprietário para arrumar esses problemas do imóvel em troca de abatimentos dos valores na mensalidade do aluguel.

 

Vistoria tem valor jurídico

O laudo de vistoria possui valor jurídico e deve ser levado bastante a sério pelo locatário na hora da negociação. A validade jurídica do laudo de vistoria só existe, no entanto, se o laudo estiver anexado ao contrato oficial de locação, assinado pelo locatário.

Se houver alguma divergência no momento da devolução do imóvel, a imobiliária até pode tentar resolver por meio de uma conversa, mas se o locatário for impassível na negociação e resolução do problema no imóvel, a discussão pode ser resolvida judicialmente entre as partes. Na maioria das vezes, o laudo de vistoria resolver qualquer questionamento.

 

Vistoria 360º

Já pensou em vistoriar imóveis com fotos em 360º? Em breve, o House Viewer, empresa especializada em soluções 360º para o mercado imobiliário, irá lançar a Vistoria 360º, que vai revolucionar a forma de fazer vistorias.

Aqui no site do House Viewer 360º e nas redes sociais, você terá mais informações em breve. Aproveite e confira o webinar realizado pelo House Viewer sobre o Impacto da LGPD para o processo de Vistoria.

Para você conferir agora o webinar, é só CLICAR AQUI.

Até a próxima!

× Fale Conosco (16) 99640-1566