Falamos recentemente, em um dos nossos artigos, sobre como a pandemia mudou o perfil dos imóveis mais procurados em imobiliárias. Fatores como um cômodo já planejado para home office ou com um espaço agradável para tomar sol e praticar atividades físicas dentro de casa são novos diferenciais.

Mas esses pontos são relacionados ao novo perfil de imóveis residenciais buscados pelos clientes. O foco deste artigo é mostrar como será o mercado imobiliário no pós-pandemia. O que vai ser o padrão de atendimento depois que esse período difícil acabar?

Imobiliárias mais digitalizadas

A pandemia fez as imobiliárias se digitalizarem. As que ainda não se movimentaram nesse sentido não vão continuar analógicas por muito mais tempo. No momento, mesmo que as atividades comerciais voltem a acontecer presencialmente em diversas cidades do país, a maior parte dos clientes vai preferir manter os atendimentos no meio digital.

Isso não significa que nunca mais as imobiliárias atenderão presencialmente. Significa que o novo padrão de atendimento é o digital, ao menos nos próximos seis meses a um ano. E isso serve para basicamente qualquer perfil de cliente, dos mais novos aos mais velhos.

Conversas por vídeo chamada do Whatsapp ou ligações telefônicas comuns, tanto faz, o importante é atender bem o cliente, de acordo com o que ele prefere neste momento.  Faça questão de descobrir qual o método de contato ele prefere. Se ele quer as informações via e-mail, sem contatos telefônicos, mantenha o contato por e-mail e deixe apenas o fechamento do negócio para ser feito por vídeo chamada ou ligação telefônica.

Experiência do usuário mais digital

Como a experiência do usuário tende a ser 100% digital dentro de uma imobiliária pelo menos nos próximos 2 anos, é preciso estruturar ainda mais os mínimos detalhes da operação de locação ou compra e venda de imóveis.

Não que os mínimos detalhes não fossem considerados antes da pandemia, mas o contato pessoal ajudava a entender algumas informações de atendimento que digitalmente fica mais difícil perceber.

Sabe aquele sinal corporal que a pessoa dava durante o atendimento comercial de que não estava satisfeita com algum detalhe do negócio e que precisava de mais ajuda para entender informações específicas do contrato. Digitalmente isso fica mais difícil de perceber, por isso, é necessário maior proatividade do consultor comercial e do departamento de pós-venda, caso exista um na sua imobiliária.

É preciso oferecer uma consultoria extremamente personalizada para o cliente e até mesmo para o contato que ainda não fechou negócio com a imobiliária. A personalização do atendimento já era tendência e realidade antes da pandemia e agora é exigência de quem procura uma imobiliária.

Pense na personalização do discurso com o cliente ou prospect. Pense nas possíveis situações de vida de cada cliente. Mas não tente adivinhar. Pergunte. Converse com ele ou ela de forma genuína, realmente ouvindo o que ele ou ela precisa. Com essas informações, estruture uma proposta que realmente faça sentido para o cliente e não apenas ofereça o que você tem disponível. Se não fizer sentido, não ofereça.

Esses são apenas 2 pontos sobre como será o cenário das imobiliárias e do mercado imobiliário como um todo no pós-pandemia. É impossível realmente prever como as coisas se desenrolarão nos próximos meses, mas a digitalização, sem dúvidas, fará parte do futuro deste setor.

Conte com o House Viewer 360º para ajudar a sua imobiliária nesse processo de transformação digital. Caso você queira saber mais sobre as melhores soluções em 360º para sua imobiliária, é só CLICAR AQUI. Até a próxima!

× Fale Conosco (16) 99640-1566