QuintoAndar é case de sucesso. A companhia, que simplificou o processo de anúncio, venda e aluguel de imóveis, tem números impressionantes e mostra que chegou ao mercado não apenas para ficar, mas para revolucionar a forma como proprietários, imobiliárias e inquilinos negociam.

Este sucesso traz alguns indicativos ao mercado imobiliário, os quais os players precisam ficar muito atentos. É sobre este assunto que iremos tratar no artigo. Confira conosco!

 

Os números do QuintoAndar

O sucesso da startup QuintoAndar pode ser comprovado por meio dos números e estatísticas, disponíveis no próprio site, que dão uma ideia da relevância do modelo de negócio desenvolvido pela empresa.

Com mais de 1000 funcionários espalhados em diversos escritórios, a empresa já conseguiu alugar um imóvel e realizar todos os trâmites burocráticos em apenas uma hora e meia.

O exemplo anterior foi o recorde, mas o tempo médio que o contrato de locação leva para ser assinado no QuintoAndar é de apenas 4 dias. No mercado tradicional, leva-se até mesmo 40 dias para o mesmo processo. Esta aula de eficiência tem tudo a ver com a eliminação de burocracias e toda a tecnologia empregada na negociação e no fechamento dos contratos.

Por mês, os imóveis anunciados nas 29 cidades onde a startup atua recebem cerca de 200 mil visitas. São cerca de 4 visitas por minuto.

Ok. Já ficou mais do que comprovado que o QuintoAndar tem feito um grande sucesso no ramo imobiliário. Mas o que este êxito indica ao mercado como um todo?

 

Só estar online não adianta

Não é de hoje que as empresas do ramo imobiliário têm anunciado seus imóveis no ambiente online. Porém, com plataformas obsoletas, informações insuficientes, fotos de má qualidade e outros problemas, estes sites não têm conseguido ser tão eficientes para atrair inquilinos ou compradores, inclusive porque muitos sites ainda não contam com a visualização de imóveis em 360º.

 

Burocracia impede bons negócios

Apesar de anunciar imóveis na Internet, imobiliárias tradicionais continuam com práticas obsoletas e contraproducentes de burocracia na hora de fechar um negócio: reconhecimento de firmas, incontáveis vias de contratos impressos, taxas aqui e ali entre outros trâmites desnecessários.

No QuintoAndar, o contrato digital retirou a necessidade dos locatários e proprietários em ir a cartórios. A negociação acontece diretamente entre os envolvidos e tudo acontece de acordo com os termos de uso da startup.

 

Quem quer alugar não pode depender de fiador

São incontáveis os contratos de aluguel que deixam de ser assinados todos os dias pela exigência de um fiador. É muito comum que, mesmo tendo recursos para pagar um aluguel, locatários não tenham como indicar fiadores no momento.

QuintoAndar acabou com a necessidade de fiador, depósito caução ou seguro fiança por meio de um eficiente processo de análise de crédito, baseado em algoritmos que calculam a segurança de cada transação.

 

Design para o usuário faz a diferença

Não é apenas no que diz respeito à eliminação de burocracias que o QuintoAndar implementou práticas que se tornaram referência no mercado imobiliário. Um bom design em todas as estruturas virtuais da startup facilitam o uso e a experiência de vendedores, compradores, proprietários e locatários.

Esse design também faz a diferença na transparência empregada pelo QuintoAndar na forma de divulgar importantes informações sobre os contratos: nada de letras pequenas ou dados que sejam ocultos do público. Práticas que, infelizmente, ainda são comuns no mercado imobiliário tradicional e que frequentemente levam locatários e proprietários a brigar na Justiça.

Uma grande lição do QuintaAndar é a utilização das tecnologias disponíveis para facilitar a vida do cliente do mercado imobiliário. Conte com o House Viewer 360º para tornar mais ágil e efetivo o processo de pesquisa de imóveis para os clientes da sua imobiliária. Até a próxima!

× Fale Conosco (16) 99640-1566