Um trabalho constante. Desde que conheceu a possibilidade de divulgar os imóveis em 360º em seu site, a Imobiliária Cardinali, de São Carlos (SP), não parou mais de utilizar essa tecnologia. E os resultados são visíveis.

Segundo o gestor de marketing da Cardinali, Mateus Bottassi Pitta, logo que a imobiliária aderiu à tecnologia, foi considerável o aumento tanto na visualização dos imóveis, quanto no tempo de permanência no site.

Sem contar a agilidade que a tecnologia proporcionou para os colaboradores, na captação dos imóveis, e para os clientes, que conseguem fazer uma visita virtual com um grau de realismo muito grande.

Em entrevista ao Blog do House Viewer 360º, Mateus relatou os principais benefícios que a tecnologia trouxe para a imobiliária. Boa leitura!

 

Como ocorreu a decisão pela adesão dessa tecnologia na Cardinali?

Há cerca de três anos, nosso comitê interno de tecnologia notou a necessidade de apresentar os imóveis de outra maneira; sabíamos que era uma tendência grande apresentá-los por vídeo, porém a captação e edição era um processo demorado e custoso. Então, quando apareceu essa oportunidade das imagens em 360º, que dão um dinamismo muito maior, decidimos aderir.

Isso porque com essa tecnologia, o cliente pode visitar o imóvel e passear por seu interior como se estivesse realmente dentro dele, só que virtualmente, então pode fazer essa visita da casa dele ou, pelo celular, de onde quer que esteja.

Além de poder fazer esse caminho com conforto, o cliente pode também girar a imagem, dar zoom, olhar detalhes, enfim, recorre a todas essas possibilidades que o 360º oferece.

 

Como foi o treinamento dos colaboradores para aplicar essa tecnologia?

O treinamento do pessoal de captação foi bastante simples. Eles fizeram o teste em um apartamento decorado que a Cardinali tem e ali aprenderam como devia ser feita a captação; depois foram para a parte de implantação das imagens em nosso sistema para ficar de forma correta.

E o próprio sistema do House Viewer é muito intuitivo. Então se você fizer algo que não esteja correto ou que se estiver faltando algum dado, ele não deixa você concluir a operação. E isso é muito bom porque evita que você publique informações equivocadas ou incompletas no site. Os colaboradores compreenderam o funcionamento muito rapidamente.

Hoje em dia agilizou muito o tempo de captação deles, que é a parte mais desgastante do trabalho. Montar essas imagens no sistema, que exige um pouco mais de tempo, o colaborador pode fazer em sua mesa, no ar condicionado, de modo mais confortável e sem depender do proprietário do imóvel.

Esse é outro detalhe, aliás, porque veja: antes o colaborador levava cerca de 40 minutos para fazer a foto de um imóvel, e o proprietário precisava ficar esperando-o terminar. Então se era cansativo para o colaborador, imagine para o proprietário! Hoje nosso colaborador faz toda captação em cerca de 10 minutos. Então mostra toda nossa tecnologia e nosso diferencial até para os proprietários de imóveis.

 

Quais os principais benefícios das imagens em 360º para a imobiliária?

É um recurso muito diferenciado. Sem dúvida nenhuma ajuda não só na demonstração do imóvel para a pessoa alugar, mas até no momento de uma vistoria, porque o nível de detalhamento é muito grande.

Como comentei, gerou uma otimização muito grande do tempo de captação porque o colaborador coloca a câmera no centro do cômodo, bate uma foto e pronto. Antes ele tinha que ficar tirando um monte de fotos, de vários ângulos, de vários cantos para poder fazer a captação desse imóvel. Então a agilidade nesse processo, obviamente, é maior. Então, se quem for captar o imóvel se organizar bem e fizer vários em um dia, pode subir as imagens para o sistema em horário ocioso.

E o dinamismo que o 360º proporciona para o cliente é justamente poder visitar o imóvel com detalhes, sem precisar estar nele fisicamente. Porque com a foto 2D você pode ter uma ideia do que é o imóvel, mas com a foto 360º você consegue visitá-lo mesmo virtualmente com uma proporção de realidade muito grande.

Então a praticidade de quem está com o celular na mão é impressionante porque a pessoa só precisa girar o celular de um lado para o outro para visitar o imóvel. E até pelo desktop que, teoricamente, seria algo mais rígido, sem aquela mobilidade do mobile, é possível visitar o imóvel de forma dinâmica.

Sem contar que se o cliente não quiser visualizar o imóvel assim por qualquer motivo, pode ainda visualizá-lo pelas fotos 2D, tiradas a partir da própria câmera 360º, que também estão disponibilizadas no site da Cardinali.

 

A tendência é aumentar ainda esse número de divulgação de imóveis em 360º?

Todos os imóveis que estão alugados e são desocupados passam pela captação de novas imagens, então atualizamos os imóveis com as imagens em 360º e, assim, aos poucos, vamos também levando essa tecnologia para os imóveis antigos.

A tendência é crescer mais. Inclusive, vamos abrir uma nova unidade em Araraquara, no início de 2020, e nossa captação lá será 100% com essa tecnologia de captação em 360º. A unidade será na Rua Bento de Abreu, onde ficava o antigo jornal A Tribuna.

 

O que significa para a Cardinali chegar aos 2 mil imóveis publicados em 360º?

Chegar a 2 mil imóveis é um marco importante, que destaca a Cardinali no Brasil inteiro, não só em São Carlos. Porque o que diferencia uma empresa hoje é estar antenada às novas tecnologias, oferecer algo diferente, então toda novidade que puder proporcionar um encantamento para o seu cliente é um diferencial competitivo. E tenho certeza que esse é um diferencial competitivo para nós, principalmente, na locação.

Se usarmos São Carlos como exemplo, que é uma cidade universitária e recebe cerca de 3 mil novas pessoas por ano nas matrículas, essa ferramenta facilita muito. Porque, em geral, quem está chegando na cidade fica muito perdido e essa tecnologia ajuda a pessoa a conhecer o apartamento e fazer a visita ao imóvel antes mesmo de vir pra cá.

Claro que em se tratando de imóvel, os estudantes e os pais querem fazer a visita quando vêm fazer a matrícula presencialmente; mas antigamente, há cerca de 10 anos, na época das matrículas, os universitários chegavam com uma lista de quase 20 imóveis, como se fossem conhecer todos naquele curto período disponível que tinham na cidade naquele momento.

Hoje eles chegam com, no máximo, cinco imóveis já visitados virtualmente. E chegam até com a ordem dos que querem visitar primeiro. Eu mesmo já acompanhei caso de visita em que a pessoa foi só no primeiro e falou: ‘é esse mesmo que eu quero, não quero nem visitar os outros’.

Então, quando o cliente chega aqui com três ou quatro imóveis selecionados é porque ele fez uma boa busca e um bom filtro em nosso site. E com certeza essa tecnologia o ajudou muito na tomada de decisão.

× Fale Conosco (16) 99640-1566