Não é todo produto que consegue ganhar um apelido por parte dos clientes. Mas alguns mudam tanto a nossa vida que a relação se torna bastante pessoal. É o caso do Whatsapp. Para muitos, o zap-zap – pronunciado em tom de brincadeira e intimidade. Para outros, Whats. E quantas vezes você já o acessou hoje? Provavelmente muitas. Seja para discutir futebol, ver fotos dos sobrinhos ou para discutir política. Hoje, sem dúvida, a ferramenta é uma das principais formas de comunicação ente as pessoas.

Mas como utilizar essa ferramenta para um propósito profissional, sem ser invasivo? Essa é a pergunta que milhares de empreendedores Brasil afora estão fazendo.  Diferentemente do e-mail marketing, em que já há uma série de protocolos e métricas que mostram como fazer uma campanha de sucesso, no Whats ainda há poucos parâmetros para você saber se a mensagem está sendo efetiva ou não.

Por isso, ainda é bom seguir as boas regras de todo relacionamento. Nada de ser invasivo. Em primeiro lugar, é só lembrar que o Whatsapp é uma evolução dos sistemas de comunicação – do telefone, por exemplo. Nada mais irritante do que receber uma ligação no momento inapropriado, de uma empresa que você não conhece, oferecendo um produto que não faz sentido para você. Certo?

No Whats, é a mesma coisa. Mensagens que aparecem do nada vendendo produtos que você não solicitou vão ser refutadas na hora. Por isso, é importante pedir autorização para incluir o número da pessoa na sua lista e perguntar se ela aceitaria ou não receber conteúdo relacionado à venda de imóveis.

Uma vez aceito o convite, o próximo passo é cumprir a promessa e direcionar somente as oportunidades que façam sentido para aquela pessoa. Poucas mensagens, mas relevantes. Uma dica! Sempre é importante terminar com um pergunta, para verificar se aquela pessoa está interagindo ou não.

Quando o conteúdo tem um perfil mais abrangente, o ideal é usar a lista de transmissão. Ela permite que uma mesma mensagem seja enviada para até 256 pessoas. Não há número máximo de listas e você pode segmentar as mensagens conforme o grupo de interesse. Caso haja resposta, somente você vai conseguir ler.  Mas atenção, só vão receber as mensagens as pessoas que tiverem o número do seu celular gravado.

E os grupos de Whatsapp, que hoje se tornaram a grande roda de debates sobre todo tipo de assunto? Não se torne o chato do grupo mandando propagandas toda hora. Mas se houver uma oportunidade que você considere interessante para algumas pessoas, envie uma mensagem objetiva avisando sobre a oportunidade e pedindo para os interessados entrarem em contato por mensagem privada.

Outra boa notícia para quem pretende usar o Whatsapp é que foi lançada recentemente a versão Business, com algumas funcionalidades que podem ajudar a otimizar as vendas. A versão também é gratuita e pode ser integrada no desktop, uma ótima solução para quem não tem agilidade de digitar pelo celular. Além disso, ele oferece outras funcionalidades como perfil com informações profissionais, indicadores das ações e automatização de respostas.

Se bem usada, a ferramenta pode ajudar bastante, principalmente para responder rapidamente dúvidas dos clientes durante o período de negociação. O segredo é não ser invasivo e lembrar que a relação profissional – o que incluir postura e linguagem adequadas – deve prevalecer sobre o caráter informal do querido zap-zap.

(publicado em 25/04/18)

× Fale Conosco (16) 99640-1566